Coroatá

Coroatá criou 65 vagas formais de emprego em 2017

02 NOV 2017 | 09h05

Entre janeiro e setembro de 2017, o saldo de empregos formais de Coroatá alcançou a marca positiva de 65 vagas. Isso significa que, neste período, a variação de contratações e demissões formais (com carteira assinada) alcançou a segunda melhor marca desde 2002, perdendo apenas para o ano de 2010 quando obteve o saldo de 70. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

De acordo com os dados, os setores de Serviços e Comercio tiveram saldo de, respectivamente, 29 e 19 postos de trabalho, consolidando-se as áreas com melhor resultado nesses nove meses. Na sequência, Indústria de Transformação aparece com 11 vagas. Por último os Serviços Industriais de Utilidade Pública e Agropecuária apresentaram saldo de 3 vagas cada um.

Segundo o Caged, os setores de Extração Mineral, Administração Pública e Construção Civil não tiveram variação neste ano, sem criar ou perder vagas formais de emprego.

Vale destacar que todos esses resultados são saldos, ou seja, o resultado do número de contratações menos as demissões.



Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Qual o tipo de conteúdo que mais te atrai em nosso site?

2016 © Todos os Direitos Reservados