Maranhão

Laudo conclui causa da morte de candidato do concurso da PM

04 FEV 2018 | 16h44

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou por meio de nota enviada ao G1que de acordo com o laudo emitido pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO) a causa da morte do cirurgião-dentista Marcone Ferreira Cordeiro foi trombose venosa profunda. Marcone era candidato do concurso da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e morreu na madrugada deste sábado (3), após passar mal durante o Teste de Aptidão Física (TAF), ocorrido em São Luís.

Marcone Ferreira Cordeiro era Cirurgião-dentista e tinha o sonho de ingressar na Polícia Militar do Maranhão. (Foto: Reprodução/Facebook)

A nota da SES informou ainda que foi assegurada toda assistência ao candidato Marcone Ferreira Cordeiro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Itaqui-Bacanga, na capital.

O cirurgião-dentista se sentiu mal após completar o teste realizado nessa sexta-feira (2) no campus do Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Ele foi socorrido por uma ambulância e em seguida deu entrada ainda com vida na UPA da área Itaqui-Bacanga onde foi medicado durante o dia todo, mas não resistiu e acabou morrendo.

Outro caso

Este é o segundo caso de candidatos que morrem após passar mal durante a realização do Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar em São Luís.

Daniele Nunes Silva morreu após sofrer um AVC durante teste de concurso (Foto: Reprodução/TV Mirante)


Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Presidente do TSE, Luiz Fux, disse que excesso de Fake News pode anular as eleições de 2018. Você concorda com essa possibilidade?

2016 © Todos os Direitos Reservados