Maranhão

Mulher mata sargento da PM após discussão em Açailândia

31 JAN 2018 | 17h57

Na cidade de Açailândia, no oeste do Maranhão, um sargento da Polícia Militar foi morto com disparos de arma de fogo na madrugada desta quarta-feira (31), tendo sido identificado como Araújo, seu nome de guerra. O crime foi praticado pela própria esposa da vítima, Gabriela Ferreira da Costa, de 18 anos e que cometeu o assassinato depois de uma crise de ciúmes do marido.

O 26º Batalhão de Polícia Militar (BPM) informou que Gabriela e o sargento se desentenderam por volta das 4h, na residência do casal, e, no calor da discussão, a suspeita se apoderou da pistola dele e o matou com os disparos. Depois, ela rendeu um vigilante e o obrigou a levá-la até a Praça da Bíblia, confessando que tinha acabado de matar o militar. A autora do assassinato só foi presa no início da manhã, por volta das 6h, ainda com a arma de fogo do policial, dentro de uma van, fugindo para Buriticupu.

Na delegacia, Gabriela narrou que, momento antes da discussão, os dois estavam bebendo cerveja. E que ele, após verificar mensagens trocadas por ela com outro homem no Facebook, pediu explicações, ao que gerou a briga. Quando o sargento colocou a arma na cama, a jovem disse que pegou a pistola rapidamente e atirou no marido, que correu para o banheiro, mas, lá, a suspeita apertou o gatilho outras seis vezes.

O coronel Diniz, comandante do 26º BPM, lamentou a morte do sargento e frisou que o batalhão está de luto devido a esta perda.

Leia também:

>> Jovem tem pescoço cortado por linha com cerol no PI
>> TCE condena uso de recursos públicos para gastos com festividades no MA
>> Vereador Reginaldo é entrevistado no Coroatá na TV 2ª Edição



Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Presidente do TSE, Luiz Fux, disse que excesso de Fake News pode anular as eleições de 2018. Você concorda com essa possibilidade?

2016 © Todos os Direitos Reservados