Coroatá

Professora faz denúncia contra coordenadores da Semed de Coroatá

Professora faz denúncia contra coordenadores da Semed de Coroatá


07/03/18 02:30 - Atualizado em 08/03/18 18:22

Uma grave denúncia contra um coordenador e um ex-coordenador da Secretaria Municipal de Educação veio à tona nesta terça-feira (06) em Coroatá.

>> Secretário de Educação fala sobre denúncia feita por professora

Através de áudios compartilhados nas redes sócias [ouça no final da reportagem], uma educadora fez um desabafo alegando ter sofrido perseguição e assédio por funcionários da secretaria. A professora chegou a citar o “teste do sofá”, situação em que, segundo ela, precisaria dormir com o então coordenador Elys Carlos para manter-se no cargo.

Iolanda Lemos disse que além do assédio, sofreu também perseguição por parte do Coordenador Geral da SEMED, Benedito Lopes. Ainda segundo a educadora, os dois quase chegaram às vias de fato nesta terça-feira (06) em uma sala no prédio da Secretaria de Educação de Coroatá. A confusão, inclusive, foi parar na delegacia local.

Apesar de só agora a denúncia ter vindo a público, o caso do assédio ocorreu há alguns dias, tanto é que acarretou na demissão do coordenador da zona rural, Elys Carlos. Ele foi procurado por nossa redação, mas não conseguimos entrar em contato.

Já o professor Benedito Lopes, que é coordenador geral da SEMED, fez uma pequena nota para esclarecer o caso, referindo-se como uma resposta aos amigos, mas disse que ainda vai se pronunciar com mais detalhes sobre a acusação. Veja a nota a seguir:

No momento certo responderei aos meus amigos. Porque aos inimigos terão meu repúdio. Eu construo minha história pautada em valores éticos e Morais, sou defensor dá verdade e amo a paz. Quem me conhece sabe que não gosto de fuxicos, sempre primei pelo respeito, sou filho de um homem e de uma mulher, carrego na consciência que jamais os decepcionarei, tenho amigos e estes tenham certeza que eu jamais os envergonharei. Sou trabalhador, honesto, defensor de meus direitos, cuido de centenas de professores tenho uma responsabilidade de dar exemplos pautados nos valores éticos a milhares de alunos, então não será mentiras que irá tentar manchar minha história, história que me orgulho, pois foi forjada no calor das batalhas, na distância de meus irmãos, mas com amor e sabedoria dos preceitos familiares. Benedito Lopes.

A Prefeitura Municipal de Coroatá ainda não se pronunciou sobre o ocorrido. Fomos informados que ainda na terça-feira (06) aconteceu uma reunião para ouvir os nomes envolvidos e possivelmente nesta quarta-feira (07) será divulgada uma nota para a imprensa.

Ouça:



Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Você acredita que, em 2019 a economia do País vai melhorar?

2016 © Todos os Direitos Reservados