Domingo, 24 de Outubro de 2021
(99) 98535-1531
Curiosidade Curiosidade

Artéria adicional no antebraço indica evolução humana, diz pesquisa

Segundo pesquisadores na Austrália, prevalência de artéria tem aumentado ao longo dos anos.

13/10/2020 10h25 Atualizada há 1 ano
Por: Redação

Apenas uma simples artéria adicional no antebraço pode indicar que os humanos ainda estão em um lento, mas constannte processo de evolução. Pesquisadores da Austrália identificaram o aumento da prevalência de uma nova artéria, que é estudada há mais de 200 anos.

A artéria costuma ser temporária no processo de gestação, durando até a oitava semana, em média. Mas ela não tem mais desaparecido com a mesma frequência do passado.

Segundo pesquisadores da Flinders University e da University of Adelaide, isso indica que há hoje, mais do que nunca, pessoas com essa artéria adicional sob o pulso.

“Desde o século XVIII, pesquisadores têm estudado a prevalência desta artéria em adultos e nosso estudo mostra que ela está claramente aumentando”, diz, em nota, Teghan Lucas, pesquisador da Flinders University. A pesquisa foi publicada no periódico científico Journal of Anatomy. “A prevalência era de cerca de 10% nas pessoas nascidas em meados da década de 1880, em comparação com 30% nas nascidas no final do século XX, de modo que é um aumento significativo em um período bastante curto de tempo, quando se trata de evolução”, diz o pesquisador.

No estudo, foram analisados 80 cadáveres de pessoas que nasceram no começo do século XX e tinham entre 51 e 101 anos de idade. O aumento da prevalência da artéria sugere uma seleção natural de indivíduos que a possuem.

Os pesquisadores atribuem a artéria a um processo de mutação de genes, a problemas de saúde das mães ou mesmo aos dois fatores combinados. Se a prevalência da artéria continuar a aumentar, em 2100, ela pode estar em mais da metade da população, segundo os cientistas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.