Sexta, 24 de Setembro de 2021
(99) 98535-1531
Coroatá Coroatá

Em menos de 15 dias 6 pessoas morreram vítimas de acidentes

É hora de mudar: do dia 18 de julho a 1° de agosto uma pessoa morreu a cada dois dias e meio vítima de acidentes.

03/08/2021 14h39 Atualizada há 2 meses
Por: Redação

Antes dos semáforos, das sinalizações, do Departamento Municipal de Trânsito, e de uma exigência de pelo menos o uso de capacetes, Coroatá era palco de grandes tragédias envolvendo carros e motocicletas. A cada final de semana as pessoas não perguntavam se haveriam mortes, mas sim quantas seriam registradas. Infelizmente o desrespeito no trânsito hoje é uma realidade e todo esse drama vivido há alguns anos está de volta.

Na época em que foi citada, quando os números de óbitos acumulavam as estatísticas de trânsito, uma mudança vista como radical para um município do interior que nem mesmo semáforo tinha, trouxe resultados significativos, baixando consideravelmente o número de mortes. Talvez agora seja o momento para uma nova mudança, afim de reverter o quadro obscuro que tem manchado a vida de várias famílias.

Números preocupantes

A ideia de uma mudança urgente soa ainda mais necessária quando os números recentes do trânsito local são divulgados. Para se ter ideia foram 6 vítimas fatais em menos de 15 dias. Ou seja, uma pessoa morreu a cada dois dias e meio. É preciso levar em consideração também que, com base nas estatísticas anteriores, os números de acidentes têm maiores registros nos meses finais do ano, o que traz uma projeção ainda mais preocupante.

Vale enfatizar que a maiorias das vítimas foram jovens e que quase todos os acidentes foram provocados por imprudência.

Leia também:

Já está passando da hora das autoridades locais, a polícia, o poder público e a própria sociedade se unirem para juntos transformar esses números e evitar que mais pessoas percam suas vidas de forma prematura.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.