Domingo, 24 de Outubro de 2021
(99) 98535-1531
Brasil Crise de energia

Bolsonaro pede que população deixe de usar elevador para economizar energia

Presidente também voltou a pedir que as pessoas apaguem "uma luz em casa" e sugeriu banho frio: "Tomar banho é bom, mas se puder tomar banho frio, é muito mais saudável"

24/09/2021 09h59
Por: Redação
Bolsonaro durante live pede que população deixe de usar elevador Foto: Reprodução
Bolsonaro durante live pede que população deixe de usar elevador Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro voltou a pedir à população, durante sua live semanal, nesta quinta-feira, que tome atitudes para combater o risco da falta de energia devido à atual crise hídrica. Ele enfatizou que, se não chover, o país poderá ter "problemas" no futuro.

Desta vez, além de pedir que "apague uma luz em casa", o líder do Executivo nacional sugeriu que as pessoas deixem de usar o elevador.

Não é só falta de chuva:  Entenda como o Brasil está, de novo, à beira de um racionamento

— Aqui (no Palácio da Alvorada) são três andares. Quando tem que descer, mesmo que o elevador esteja aberto na minha frente, eu desço pela escada. Se puder fazer a mesma coisa no seu prédio... Ajude a gente. Quanto menos mexer no elevador, mais economia de energia nós temos — disse Bolsonaro durante a live.

Maior crise hídrica em 90 anos

No final de agosto, o presidente já havia feito apelo semelhante durante outra apresentação ao vivo nas redes sociais.

Bolsonaro ainda pediu para que se façam outros sacrifícios no dia a dia em casa, como tomar banho frio:

— Tomar banho é bom, mas se puder tomar banho frio, é muito mais saudável. Ajude o Brasil.

O presidente acrescentou: 

— Até faço um pedido para você agora: tem uma luz acesa a mais na sua casa? Por favor, apague. Nós estamos vivendo a maior crise hidrológica dos últimos 90 anos. Se você puder apagar uma luz na sua casa, apague. Se puder desligar seu ar-condicionado, se não puder... Está com 20ºC, passa para 24ºC, gasta menos energia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.