Domingo, 26 de Junho de 2022
(99) 98535-1531
Coluna Ler Transforma

Te convencendo a ler um livro - por Lidiane Lobão

Estou de volta com novas dicas e incentivo a leitura.

07/02/2022 17h19
Por: Lidiane Lobão

Olá! Voltei.

Estou de volta com novas dicas e incentivo a leitura. 

E voltei com tudo hahahaha!!!

E é claro, começo com uma pergunta.

Você tem sonhos?

Quantos?

Já desistiu de algum?

Ok. 

Se já? Venho aqui incentiva-lo a não desistir, jamais!

Os sonhos fazem parte da nossa existência como seres humanos, por que fomos feitos para sonhar, mesmo que alguns desses sonhos pareçam impossíveis de se realizar.

Em um dos posts eu escrevi:

Não existe uma medida certa para os sonhos, e se nunca arriscarmos nunca saberemos ate onde podemos chegar. (Lidiane lobão)

Por essa razão deixa eu te apresentar o livro, nunca desista de seus sonhos, de Augusto Cury, que se tornou um dos meus autores favoritos. 

Primeiro me deixa fazer uma breve biografia do autor.

Augusto Cury é psiquiatra, cientista, pesquisador e escritor. Que curriculum hein!

Já foi publicado em mais de 70 países.  É palestrante motivacional, e autor da inteligência multifocal, que trata do complexo processo de construção de pensamentos.

Na infância era um jovem improvável com dificuldade de aprendizado e de família humilde. Mas algo mudou na vida de Cury quando se viu diante da mais difícil provação de sua vida, a depressão.

No seu livro nunca desista de seus sonhos, ele nos leva a entender a facilidade com que desistimos, e por que nossa natureza humana se deixa levar pelo primeiro obstáculo que aparece.

Ele diz: 

“Precisamos prosseguir nossos mais belos sonhos. Desistir é uma palavra que tem que ser eliminada do dicionário de quem sonha e deseja conquistar.  Ainda que nem todas as metas sejam atingidas. Não se esqueça de que você vai falhar 100% das vezes em que não tentar, vai perder 100% das vezes em que não procurar, vai estacionar 100% das vezes em que não ousar caminhar”

E agora, já parou pra pensar quantas vezes desistimos de algo que queremos muito? Quantas vezes no primeiro obstáculo nos recusamos a continuar andando, quantas vezes nos deparamos com dificuldades, humilhações e vários nãos?  E o quanto isso nos deixa frustrado demais pra continuar? 

Pense nisso.

É fácil desistir, mas demanda-se fé para segui em frente (Joyce Meyer).

Independente de quantas portas se feche diante de você, não pare de sonhar e de correr atrás dos seus objetivos.

Continuei a nadar...

Lembra-se dessa frase?

No filme, procurando Nemo, quando o pai de Nemo, Marlin, se ver diante de tantas dificuldades pra encontrar o filho perdido em um vasto mar, Dory, sua amiga, simplesmente o aconselha a continuar a nadar. 

Continuei a nadar, continuei a nadar... 

Se o pai de Nemo tivesse desistido, não teria encontrado o filho. Ok. É só um filme infantil, mas se pararmos pra pensar existe uma grande mensagem por trás disso. 

Continuei a nadar, não desista, continuei a nadar, siga em frente. 

Não importa as dificuldades, ou quantas portas se fechem. 

É sobre isso que o livro se trata. Nunca desista de seus sonhos desperta o leitor a mergulhar numa visão completamente diferente de como você enxerga a sua própria vida, e lhe dá um empurrão para lutar pelo que acredita. 

Não é uma ficção, nem um romance. É um livro que envolve o leitor com testemunhos reais, e ate mesmo a vida do próprio autor.  

E ai, gostou de saber um pouco sobre esse livro?

Deixa aqui seu comentário!

E não deixe de nos acompanhar nas próximas postagens. 

Deus abençoe a todos!

Nos acompanhe para mais novidades sobre literatura.

Lidiane Lobão

Intagram: @lidianelobao

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Formando Leitores
Sobre Formando Leitores
Me chamo Lidiane Lobão, tenho 36 anos, sou escritora, tenhos dois livros publicados no gênero ficção científica. Sou estudante de Letras/ Português e membra da Academia de letras em Coroatá (ALAC). Venho aqui compartilhar nesta coluna minhas experiências literárias, informando sobre o mundo fantástico da literatura brasileira, e ajudando a incentivar nossas crianças e jovens a mergulhar nesse universo maravilhoso dos livros.