Domingo, 26 de Junho de 2022
(99) 98535-1531
Coluna Marketing News Today

Pesquisa revela quais são os limites de faturamento para empresas em 2022

Aprenda a entender os limites de faturamento da sua empresa nos dias atuais!

24/02/2022 17h14 Atualizada há 4 meses
Por: Wagner Santos
limites de faturamento para empresas
limites de faturamento para empresas

Entender quais são os limites de faturamento para empresas em 2022 é vital para quem quer começar uma empresa, para quem gerencia uma, para quem trabalha em um escritório de contabilidade e até mesmo para quem quer aprender como calcular valor da empresa para comprar ações ou qualquer outro fim. Afinal de contas, os limites de faturamento determinam quais os tipos de negócios em questão.

Por exemplo, você provavelmente já sabe que 99% de todas as empresas no Brasil são de micro ou pequeno porte. Isso significa que são negócios que faturam muito pouco, portanto, estão mais vulneráveis a determinados tipos de crises. Não à toa, são empresas que alimentam a alta taxa de falência que temos na economia brasileira, já que a taxa de falência de negócios de médio ou grande porte é muito menor.

Quer saber quais são os limites de faturamento para empresas em 2022 e como isso pode afetar o seu dia a dia? Então siga a leitura do artigo abaixo com atenção!

Quais são os limites de faturamento para empresas em 2022?

MEI

O MEI (Micro Empreendedor Individual) é um programa que atende mais de 11 milhões de pessoas que se tornaram suas próprias empresas. Por meio desse regime tributário, microempreendedores que eram autônomos antes, agora se tornaram empresas devidamente estruturadas e contam com diversas vantagens específicas, incluindo a possibilidade de se aposentar e aproveitar outros benefícios do INSS.

Tradicionalmente, o MEI está disponível para atividades pelas quais não há outra legislação reguladora. Ou seja, não é possível um advogado ser MEI porque há lei que rege a profissão de advogado. O mesmo para engenheiro ou médico. No entanto, não há lei para motorista de aplicativo, delivery ou outros profissionais que podem ser MEI.

O MEI pode ter um faturamento anual de R$81 mil. Mais do que isso, ele deve migrar para o Simples Nacional. No entanto, é importante ter em mente que há um projeto de lei no Congresso atualmente que modifica esse limite para R$130 mil. A lei ainda não foi aprovada e sancionada, portanto, ainda não está em vigor, mas pode entrar em vigor durante 2022.

Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime tributário focado em pequenas e médias empresas. Seu objetivo é facilitar ao máximo a vida tributária desses negócios, para evitar que eles percam 1.500 horas por ano cuidando de tributos, como acontece com outras empresas.

Dessa forma, o Simples Nacional tem não só um cálculo mais facilitado de impostos a pagar com base no faturamento da empresa, como também facilita o pagamento dos tributos com uma única DAS mensais. Basta emiti-la e pagar o equivalente a 8 impostos de uma só vez.

Para ter acesso ao Simples Nacional, a empresa só pode faturar um máximo de R$4,6 milhões por ano. É um valor enorme para microempreendedores, mas muito pequeno para médios ou grandes negócios, que faturam algumas centenas de milhares por mês.

Lucro Presumido

O Lucro Presumido é o terceiro regime tributário disponível para as empresas do país. Ele funciona da seguinte forma: a Receita Federal presume que o seu negócio tem uma margem de lucro específica (daí o nome, margem de lucro). Trata-se de uma taxa padrão, destinada a todas as empresas de uma área específica.

Com base nisso, basta informar o seu faturamento anual e calcular os impostos com essa margem de lucro presumida e definida pela Receita Federal. Se a sua margem de lucro for maior que a presumida pela Receita, o Lucro Presumido é vantajoso, pois você pagará menos impostos do que o devido em outros mecanismos.

Apesar de ter um limite de faturamento de R$78 milhões anuais, muitas empresas que poderiam estar no Simples Nacional acabam entrando no Lucro Presumido. A razão é simples: por causa de certos contextos, incluindo os gastos trabalhistas, o valor pago em impostos no Presumido é menor.

Lucro Real

Por fim, chegamos ao Lucro Real, um sistema que é majoritariamente usado por grandes empresas, que faturam mais do que R$78 milhões por ano e que contam com margens de lucro menores do que aquelas do Lucro Presumido.

Essas empresas não têm limite de faturamento, podendo faturar o quanto conseguirem todos os anos. Elas não precisam se preocupar se devem trocar de regime tributário por ultrapassar um determinado montante, por exemplo. No entanto, contam com um sistema tributário mais complexo e difícil de lidar.

Pronto! Agora que você já sabe quais são os limites de faturamento para empresas em 2022, entende como posicionar o seu negócio do jeito certo. Assim, poderá definir o melhor regime tributário para a sua companhia, compará-la com outras empresas no mesmo segmento ou padrão de faturamento e muito mais. Isso ajudará a organizar melhor as finanças do seu negócio.

 

Gostou do conteúdo? Então comente abaixo com a sua opinião sobre os limites de faturamento das empresas nacionais!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Marketing News Today
Sobre Marketing News Today
Apaixonado por Marketing digital e SEO com 31 anos e 8 de atuação nessas áreas, sou criador de diversos projetos de sucesso “online”. Sempre buscando aprender o que a de melhor e mais atualizado sobre “marketing” digital e empreendedorismo. Portanto, o que você e vera nesse site será somente o que a de melhor em “marketing” digital.