Domingo, 29 de Maio de 2022
(99) 98535-1531
Saúde Saúde

O que significa ter níveis elevados de ferritina?

Quer saber o que significa ter níveis elevados de ferritina e quais os riscos? Hoje você vai conferir tudo sobre o excesso de ferro no organismo.

19/04/2022 14h39
Por: Redação
slug: niveis-elevados-ferritina
slug: niveis-elevados-ferritina

O corpo tem reservas de ferro na forma de ferritina, uma proteína que é encontrada principalmente no fígado e é responsável por armazenar esse mineral. 

Há uma pequena quantidade de ferritina que circula pela corrente sanguínea e ajuda a saber se uma pessoa tem déficit ou excesso de ferro. 

Quando a ferritina está alta, pode ser devido à sobrecarga de ferro ou outras patologias, como possível inflamação, abuso de álcool ou doença hepática. Alcançar um diagnóstico correto é um desafio para o médico.

Assim sendo, para ajudar você a entender mais sobre o que significa ter níveis elevados de ferritina no sangue, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que significa ter níveis elevados de ferritina?

Os níveis de ferritina de cada pessoa são refletidos em um exame de sangue. Um valor normal em homens varia de 20 a 500 ng/ml e em mulheres de 20 a 200 ng/ml. 

Uma das principais causas de ferritina alta é um componente genético importante. Também pode estar relacionado a patologias associadas a doenças inflamatórias ou neurodegenerativas. Os mais frequentes são:

  • Hemocromatose hereditária. Ocorre quando o índice de saturação de ferritina é superior a 45% e consiste na impossibilidade de remover o ferro do corpo. É um problema que tem a ver com excesso de peso, que pode ser acompanhado de diabetes, colesterol alto e hipertensão.

Comer uma dieta mais saudável pode retornar aos níveis normais de ferritina. Além disso, fazer exercícios físicos é essencial. Contudo, com sobrepeso é comum ter problemas no joelho. Nesse caso, procurar um ortopedista do joelho em primeiro lugar é importante para descartar qualquer problema posterior.

  • Transfusões de sangue. Aqueles que receberam muitas transfusões ao longo de suas vidas podem desenvolver talassemia, uma doença que aumenta a ferritina no sangue.
  • Doença hepática ou abuso de álcool.
  • Dietas ricas em ferro.
  • Síndrome de ativação de macrófagos.
  • Anemia.
  • Síndrome de anticorpos antifosfolipídeos catastróficos.

A ferritina alta às vezes está relacionada ao aumento da mortalidade e disfunção de múltiplos órgãos. Por esse motivo, deve ser tratado por um especialista apropriado.

Principais sintomas e tratamento

Embora a princípio os sintomas possam passar despercebidos, com o tempo, quando uma pessoa tem ferritina alta, ela tem:

Para tratar esse problema, o médico tem que diminuir os níveis até que estejam em níveis normais. Existem várias maneiras, mas as mais frequentes são:

  • Realize uma flebotomia terapêutica. Consiste na extração periódica de sangue para garantir que o excesso de ferritina desapareça. É feito algumas vezes por semana, até que os níveis ideais sejam alcançados.
  • Ingestão de quelatos para eliminar os metais pesados que estão na corrente sanguínea.
  • Reduza o consumo de alimentos ricos em ferro, como espinafre ou carne vermelha.

Em suma, se você tem ferritina alta, vá ao especialista para avaliar o que causou o aumento. Isso é essencial.

Riscos

A causa mais comum de um aumento nos níveis séricos de ferritina associado a um aumento no coeficiente de saturação da transferrina e do ferro sérico é a hemocromatose. 

Esta doença genética causa cirrose hepática, diabetes mellitus e hiperpigmentação da pele. Em um estágio avançado, pode causar câncer de fígado.

Em muitos casos, como há hiperpigmentação da pele, um dermatologista é procurado. Como há muitos problemas de pele relacionados a esse sintoma, uma clínica dermatológica Goiânia realmente deve ser procurada.

Hepatite crônica e alcoolismo também aumentam o nível de ferritina no sangue. Às vezes, também é o caso de certas inflamações crônicas e sobrecarga de ferro do fígado.

Conclusão

Gostou de saber mais sobre o que significa ter níveis elevados de ferritina no sangue? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.