22°C 33°C
Coroatá, MA
Publicidade

Pastor que culpou crianças por serem abusadas também incentivou em culto violência doméstica

Líder religioso orientou que casais se 'peguem na briga' longe dos filhos e se na briga 'tiver hematoma, cobre com esparadrapo'. Igreja reafirma compromisso com o combate as quaisquer formas de descuidos e violência.

02/05/2024 às 22h11
Por: Redação
Compartilhe:
Pastor Jonas Felicio Pimentel, líder da igreja evangélica Tabernáculo da Fé de Goiânia — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Pastor Jonas Felicio Pimentel, líder da igreja evangélica Tabernáculo da Fé de Goiânia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O pastor Jonas Felício Pimentel, que disse que crianças abusadas sexualmente também têm participação e são culpadas dos crimes, incentivou a violência doméstica durante um culto. Durante a pregação, o líder religioso orientou que casais se “peguem na briga” longe dos filhos.

Continua após a publicidade

"Se tiver com algum hematoma [risos], cobre com um esparadrapo”, disse Pimentel.

  • Canal do whatsapp: receba as notícias em primeira mão. Clique aqui!

Sobre o vídeo da fala dos abusos sexuais contra crianças, a defesa do pastor pediu desculpas e afirmou que se tratou de um alerta para os pais. Já sobre o novo posicionamento, nesta quinta-feira (2), em relação as declarações de violência doméstica, os advogado não responderam até a última atualização desta reportagem.

Continua após a publicidade

Conforme publicação no canal oficial da igreja Tabernáculo da Fé, durante um culto em outubro de 2023, Pimentel comentou sobre o trauma de uma fiel, que disse que os pais dela tiveram um relacionamento marcado por muitas brigas. Neste momento, o pastor orientou como os casais devem agir.

“Deixem para brigar quando estiverem longe dos filhos. Mandem eles para a casa da avó e, aí, você e a sua esposa se pegam na briga e rola. Se tiver com algum hematoma [risos], cobre com um esparadrapo”, disse. O pastor ainda disse para a fiel esquecer os traumas e dar “graças a Deus” por estar viva.

As duas falas do pastor ocorreram em dias diferentes, mas durante cultos na igreja Tabernáculo da Fé, que já teve outro líder religioso investigado por crimes sexuais, o pastor Joaquim Gonçalves Silva. Em nota, a defesa da instituição religiosa reafirmou o compromisso com o combate as quaisquer formas de descuidos e violência.

Continua após a publicidade

Culpa por abusos

Declarações do pastor repercutiram nesta semana após ele comentar sobre o caso de uma criança de 5 anos, falando sobre a suposta participação e culpa dela no abuso sexual em que sofreu.

“Existem situações que quando acontece um abuso de uma criança, a criança é também culpada, porque ela deu lugar. Crianças também têm culpa, têm participação, mas não todos os casos. Eu quero deixar isso bem claro”, afirmou o pastor.

No trecho, que foi compartilhado por uma página na internet e já conta com mais de 300 mil visualizações, Jonas Pimentel segue falando que o lugar dos filhos é junto dos pais, a não ser quando “existe uma circunstância imperiosa que não permite tal coisa”.

“Os pais e, principalmente as mães, devem ter muito cuidado, devem ter muita malícia quanto às suas filhas. Filho é junto com o pai, junto com a mãe, a menos que exista uma circunstância imperiosa que não permite tal coisa, não é?”, diz o pastor.

Fique por dentro do que acontece em Coroatá, região e muito mais. Siga o perfil do Coroatá Online no Instagram.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Coroatá, MA
22°
Parcialmente nublado

Mín. 22° Máx. 33°

23° Sensação
1.08km/h Vento
98% Umidade
53% (0.16mm) Chance de chuva
05h55 Nascer do sol
05h50 Pôr do sol
Qua 32° 22°
Qui 33° 22°
Sex 32° 23°
Sáb 33° 22°
Dom 32° 23°
Atualizado às 05h02
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,01%
Euro
R$ 5,54 +0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,77%
Bitcoin
R$ 384,123,18 +2,51%
Ibovespa
127,750,92 pts -0.31%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade