22°C 33°C
Coroatá, MA
Publicidade

Governador pede “plano pós-guerra” para reconstrução do RS

Plano de excepcionalidade em recursos e medidas extraordinárias após tragédia no estado seria a solução

05/05/2024 às 00h25 Atualizada em 05/05/2024 às 00h34
Por: Redação Fonte: Metropoles
Compartilhe:
Lauro Alves/Secom
Lauro Alves/Secom

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) falou, no começo da noite deste sábado (4/5), que o estado precisa de uma espécie de “Plano Marshall” para ser reconstruído, após as fortes chuvas que devastaram o estado nos últimos dias.

Continua após a publicidade

Mais de 32 mil pessoas estão desalojadas. Há 55 mortos confirmados e 67 desaparecidos, segundo a Defesa Civil gaúcha. Estradas, construções e redes de energia elétrica foram destruídos. Cerca de 350 mil pessoas estão sem energia elétrica.

  • Canal do whatsapp: receba as notícias em primeira mão. Clique aqui!

“O Rio Grande do Sul vai precisar de uma espécie de um Plano Marshall, aquele de reconstrução da Europa após a guerra, de um plano de excepcionalidade em processos, em recursos, em medidas absolutamente extraordinárias. Porque, como eu insisto, quem já foi vítima da tragédia, não pode ser vítima depois da desassistência e da demora e da burocracia”, afirmou o governador.

Leite se reuniu neste sábado com os ministros da Secretaria de Comunicação, Paulo Pimenta, e de Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, que estão no Rio Grande do Sul. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai visitar o estado, pela segunda, vez neste domingo (5/4). Os presidentes da Câmara e do Senado também devem participar do encontro.

Continua após a publicidade

Foco na Região Metropolitana

Atualmente, o foco das equipes de resgate é a região metropolitana de Porto Alegre. Durante todo o sábado, foram intensificadas as buscas nas cidades de Canoas, Eldorado, Alvorada e algumas regiões de Porto Alegre.

O governo federal está atuando na região do desastre com 29 helicópteros, quatro aeronaves, 866 viaturas e 182 embarcações. O efetivo é de quase mil militares das Forças Armadas.

Já o Ministério do Desenvolvimento Social disponibilizou, até o momento, 92 mil cestas básicas, sendo que 52 mil já estão em processo de entrega à população e as outras 40 mil estão em trânsito.

Continua após a publicidade

Os temporais afetam 300 cidades no estado, de acordo com o último boletim da Defesa Civil, divulgado às 18h deste sábado (4/5). São 19 municípios a mais do que no comunicado anterior, que contabilizava 281 cidades atingidas. Ao todo, 422 mil pessoas são afetadas pela tragédia.

Fique por dentro do que acontece em Coroatá, região e muito mais. Siga o perfil do Coroatá Online no Instagram.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Coroatá, MA
22°
Parcialmente nublado

Mín. 22° Máx. 33°

23° Sensação
1.08km/h Vento
98% Umidade
53% (0.16mm) Chance de chuva
05h55 Nascer do sol
05h50 Pôr do sol
Qua 32° 22°
Qui 33° 22°
Sex 32° 23°
Sáb 33° 22°
Dom 32° 23°
Atualizado às 05h02
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,01%
Euro
R$ 5,54 +0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,77%
Bitcoin
R$ 384,123,18 +2,51%
Ibovespa
127,750,92 pts -0.31%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade