20°C 34°C
Coroatá, MA
Publicidade

Suspeitos de sequestrar advogada compraram carro de luxo, moto e celulares em dinheiro vivo

Apesar de a exigência ter sido atendida pela família, a mulher não retornou para casa.Trama envolve monitoramento em tempo real de família da vítima, sumida há 80 dias

20/05/2024 às 10h36
Por: Redação Fonte: O Globo
Compartilhe:
Última viagem. Antes de desaparecer, Anic visitou um parque aquático em Balneário Camboriú com o marido e amigos — Foto: Reprodução
Última viagem. Antes de desaparecer, Anic visitou um parque aquático em Balneário Camboriú com o marido e amigos — Foto: Reprodução

Quatro pessoas suspeitas do desaparecimento da advogada e estudante de Psicologia Anic de Almeida Peixoto Herdy, de 55 anos, compraram um veículo de luxo no valor de R$ 500 mil, uma motocicleta e 950 telefones celulares um dia após a família dela pagar uma quantia em dinheiro exigida para libertação da vítima, segundo a denúncia feita pela Promotoria de Investigação Penal de Petrópolis. Anic desapareceu no dia 29 de fevereiro na cidade da Região Serrana do Rio. Lourival Correa Netto Fatiga, amigo da família, é apontado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) como mentor do desaparecimento. Ele nega envolvimento no crime.

Continua após a publicidade

Segundo a denúncia do MP, a compra do carro foi paga em espécie. O quarteto está atrás das grades, e suas prisões temporárias já foram transformadas em preventivas pelo Juízo da 2ª Vara Criminal de Petrópolis. Apesar de a exigência ter sido atendida pela família da estudante de Psicologia, ela não retornou para casa.

Suspeito tinha acesso à rotina da família

Lourival tinha acesso à rotina da casa onde a vítima e o marido, o professor Benjamim Cordeiro Herdy, de 78 anos, moram, em Teresópolis, também na Região Serrana. Ele chegou a acompanhar o casal em algumas viagens. Ainda de acordo com a denúncia, apesar de a vítima ter desaparecido no dia 29 de fevereiro, o caso só foi registrado na 105ª DP (Petrópolis) em 14 de março. Segundo o MPRJ, a ideia partiu de Lourival, e tinha o objetivo de retardar o início das investigações.

A denúncia diz ainda que o marido da advogada teria realizado mais de 40 transferências bancárias, por orientação do suspeito, em contas por ele indicadas, para aquisição de dólares, com o objetivo de pagar o valor exigido pelos bandidos que alegavam estar com Anic. Amigo da família da vítima há três anos, ele teria se apresentado aos parentes da advogada como policial federal. Segundo o MPRJ, ele ganhou a confiança do grupo familiar da estudante a ponto de realizar a segurança pessoal de seus integrantes, além de ter acesso irrestrito a cartões de crédito e às respectivas senhas.

Continua após a publicidade

O desaparecimento

Anic sumiu do estacionamento de um shopping em Petrópolis, para onde foi depois de uma consulta médica. Usando um colete jeans e um vestido bege e amarelo, a advogada e estudante de Psicologia parou seu carro. Segundos depois, ela desembarcou do veículo e, a pé, foi em direção a um Jeep Compass preto. Em seguida, o carro deixou o local levando a mulher.

A cena, flagrada parcialmente por câmeras de segurança, é o último registro conhecido de Anic.

Aviso por mensagem de celular

Herdy soube do desaparecimento de Anic mais de sete horas depois de ele ter acontecido. Uma pessoa enviou uma mensagem de texto para o telefone do professor. O responsável pelo comunicado alegava que a vítima estava em seu poder e dizia que a polícia não poderia ser avisada.

Continua após a publicidade

A partir daí, e por vários dias, foram feitos consecutivos contatos da mesma forma. Num deles, um homem pediu uma quantia em bitcoins para que ela pudesse retornar ao lar. Nesta ocasião, Lourival teria interagido com o suspeito por supostamente entender sobre criptomoedas.

A advogada é casada com Herdy — herdeiro do empresário José de Souza Herdy, fundador de um complexo educacional em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, que deu origem à universidade Unigranrio — há 20 anos. Os dois se conheceram na Unigranrio, época em que ela trabalhava como secretária na universidade.

Quando o casal se apaixonou e resolveu se casar, ela já era mãe de um menino, fruto de um relacionamento anterior. Por sua vez, ele era pai de quatro filhos que nasceram de outra união. Junto, o casal teve mais uma filha. A advogada é descrita por quem a conhece como uma mulher que gosta de viajar, comprar roupas e de pescar, além de ter paixão por animais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Coroatá, MA
33°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 34°

33° Sensação
2.65km/h Vento
36% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h02 Nascer do sol
05h55 Pôr do sol
Seg 32° 22°
Ter 35° 22°
Qua 33° 21°
Qui 34° 21°
Sex 33° 22°
Atualizado às 13h02
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 368,618,28 +0,24%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade