Coroatá

Confira a entrevista com o fotógrafo coroataense João Wilson

Confira a entrevista com o fotógrafo coroataense João Wilson

O jovem fotógrafo conquistou aos poucos seu espaço e atualmente é referência de que quando se quer algo, munido de muito trabalho, você consegue.


09/10/19 17:51 - Atualizado em 09/10/19 17:54

O portal Coroatá Online traz uma entrevista bem legal com o fotógrafo coroataense João Wilson. No auge dos seus 27 anos, apaixonado por futebol, o jovem é hoje um dos fotógrafos mais requisitados na cidade, levando seu trabalho também para além da sua terra natal.

Com seu jeito humilde, extremamente organizado, João Wilson conquistou aos poucos seu espaço e atualmente é referência de que quando se quer algo, munido de muito trabalho, você consegue.

Confira a seguir a entrevista com essa fera:

Quando teve o primeiro contato com a fotografia?
R: Em 2015, foi quando minha paixão bateu mais forte por fotografia e comprei uma câmera semi profissional.

Desde quando e onde começou a sua carreira na fotografia e porque decidiu se tornar fotografo?
R: Na verdade não passava pela minha cabeça ser fotógrafo, sempre gostei de fotografia só que não tinha como objetivo de me tornar fotógrafo, fazia muitas fotos amadoras e vi que levava jeito para isso, daí comprei uma câmera (usada) e comecei a me aprofundar mais, passei a estudar teorias e sempre vim praticando muito, e minha paixão então só aumenta cada vez mais.

Em que área ou género da fotografia se sente mais à vontade ou gosta mais de trabalhar?
R: Casamentos.

O que considera mais importante para se ser um bom fotografo?
R: O olhar.

Onde vai buscar a inspiração necessária para criar o seu trabalho?
R: Acompanho trabalhos de grandes fotógrafos nacionais e internacionais.

Como descreve o seu estilo fotográfico?
R: Hoje trabalho muito nos estilos: Infantil, retrato, e fotografia de moda.

Que tipo de preparação você faz antes de fotografar?
R: Sempre antes de ir para qualquer tipo de trabalho, agradeço a Deus por ter me dado mais uma oportunidade de fazer aquilo que eu amo, isso me deixa mais leve pra mim, é a melhor preparação antes de ir contar histórias através das minhas lentes.

Alguma vez esteve numa situação embaraçosa ou engraçada enquanto fotografava?
R: O mais embaraçoso que aconteceu ao longo da minha carreira foi de eu ir para fazer uma sessão externa, e ao chegar no local com a cliente, eu ver que tinha esquecido a objetiva da minha câmera na mesma hora voltei para busca-la kkkk.

Quais são os fotógrafos atuais ou antigos que você mais admira?
R: Rodolfo Santos, Daniel Ribeiro, Gilmar Silva, Augusto Ribeiro Everton Rosa e Robison Kuniz.

Como vê o mundo da fotografia atualmente e no futuro?
R: Hoje vejo como uma profissão que está cada dia mais vista, exigida e mais concorrida, é uma área que evoluiu bastante e hoje existem muitos fotógrafos espetaculares. O profissional dessa área hoje em dia tem que viver em uma constante evolução, buscar sempre algo inovador e ao mesmo tempo autoral. A fotografia evoluiu muito, e está presente no dia-a-dia da maioria das pessoas, nos tempos das analógicas era mais difícil se ver, era muito poucas pessoas que tinham uma câmera fotográfica, com a fotografia digital mudou muito, hoje é comum se ver uma pessoa que tenha uma "câmera" na palma da mão.

Que projetos tem para o futuro da sua carreira na fotografia?
R: 1-Pretendo montar uma empresa que atenda a demanda de toda a região
2- Montar um projeto beneficente que ajude pessoas carentes através da fotografia
3- Ver meu trabalho sendo reconhecido nacionalmente e internacionalmente

Que conselhos daria a quem pensa seguir a profissão de fotógrafo?
R: Estudar teorias e fotografar muito, se possível todos os dias.



Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Você é a favor ou contra a reforma da previdência?

2016 © Todos os Direitos Reservados