Coroatá

Moradores do Eco Marajá continuam sem água nas torneiras

Moradores do Eco Marajá continuam sem água nas torneiras

Após protestos, a CAEMA distribuiu caixas d´água em alguns pontos do bairro. O problema é por conta de uma obstrução no poço que abastece o local.


22/08/19 13:51 - Atualizado em 22/08/19 13:52

Uma obstrução no poço que abastece todo o Residencial Eco Marajá está causando diversos transtornos para os moradores da localidade, que até o momento continuam sem água nas torneiras. A comunidade local se mobilizou e através de protestos cobrou uma rápida resposta da CAEMA, empresa responsável pela abastecimento de água em Coroatá.

Já são cinco dias sem água e os técnicos trabalham diuturnamente para tentar solucionar o problema.

O diretor geral da CAEMA, o senhor Guimarães, explicou que o processo para reativar o poço é lento, mas que toda sua equipe está empenhada nos trabalhos.

“A desobstrução desse poço tem que ser por etapas, não podemos fazer isso rapidamente, porque há um risco grande de perdemos esse poço. Infelizmente tem que ser lento, sem atropelar os serviços. Se queimarmos etapas com certeza iremos perder esse poço”, disse.

A CAEMA distribuiu caixas d’água em pontos estratégicos do residencial para abastecer as famílias afetadas.





Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Você é a favor ou contra a reforma da previdência?

2016 © Todos os Direitos Reservados