Coroatá

Mulher acusada de matar o marido em Gov. Archer é presa com outra em Coroatá

Mulher acusada de matar o marido em Gov. Archer é presa com outra em Coroatá

“Pitchula”, como era conhecida a vítima, não aceitava o relacionamento da esposa com outra mulher e acabou sendo assassinado pelas duas..


05/02/21 13:02 - Atualizado em 05/02/21 13:07

Duas mulheres foram presas em Coroatá na manhã desta quinta-feira (04), pelo serviço velado da Polícia Militar da cidade. De acordo com informações da PM, as duas são acusadas de terem executado um homem na cidade de Governador Archer há dois anos. Em desfavor delas, existia um mandado de prisão e por conta disso foram presas na cidade de Coroatá. As mulheres estavam morando no residencial Dom Reinaldo Punder.

O jovem Osvaldo Queiroz da Silva, 26 anos, o “Pitchula” foi morto na cidade de Governador Archer e a esposa, Aline Silva Moreira Frazão foi quem tramou sua morte com o auxílio de outra mulher: Larissa Nascimento. Larissa foi quem atraiu o jovem para uma estrada vicinal e lá ele foi esfaqueado por Aline, sua esposa, que já o esperava para executar o marido.

Segundo relatos de moradores na cidade de Governador Archer, como mostra o vídeo abaixo, a esposa Aline queria que Larissa fosse morar na mesma casa e ser sustentada por Osvaldo. Porém, ele não aceitou a proposta da esposa e por isso tramaram a morte do jovem. Com o passar dos dias, foi descoberto que as duas mulheres eram namoradas.





Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Em um ano atípico, o carnaval 2021 vai fazer falta?

2016 © Todos os Direitos Reservados