×
Potiguar!

Coroatá

Pastor é preso durante culto em Coroatá e caso ganha repercussão

Pastor é preso durante culto em Coroatá e caso ganha repercussão

Pastor Natanael Santos foi levado a delegacia durante um culto que era realizado próximo ao Fórum de Coroatá; juíza entendeu que pregação era feita em volume excessivo.


12/11/20 13:39 - Atualizado em 12/11/20 13:43

Nota de repúdio do governo do Maranhão; mensagens de deputados e vários políticos; sites e blogs, até mesmo de fora do Estado, destacaram o caso. A repercussão ganhou o noticiário de forma rápida e a prisão do pastor Natanael Santos e de uma irmã durante um culto na cidade de Coroatá rendeu um grande protesto contra a juíza Anelise Nogueira Reginato.

Tudo começou durante um culto realizado próximo ao Fórum de Justiça, por volta das 19h00 de terça-feira (10), quando a juíza da 1ª Vara da Comarca de Coroatá, de forma autoritária, segundo o boletim de ocorrência registrado pelo pastor, teria pedido para diminuir o som usado no culto. Mesmo atendendo o pedido, a juíza retornou e ordenou a prisão do pastor e da irmã Rosa Maria Barros que cantava no momento da abordagem.

A Convenção Estadual das Assembleia de Deus do Maranhão (CEADEMA) emitiu uma nota de repúdio sobre a postura da juíza.





Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Você é a favor ou contra o isolamento social para combater o novo coronavírus?

2016 © Todos os Direitos Reservados