Coroatá

Prefeitura de Coroatá e o não pagamento do 13º salário

Prefeitura de Coroatá e o não pagamento do 13º salário

O assunto ganhou as redes sociais, gerou debates em grupos políticos e continua dando o que falar.


25/07/18 15:22 - Atualizado em 27/07/18 15:32

Primeiro é bom esclarecer alguns pontos. Houve sim o pagamento, mas apenas a metade de décimo, e somente para professores efetivos. Já os servidores contratados ficaram sem receber nada.

O assunto ganhou as redes sociais, gerou debates em grupos políticos e continua dando o que falar. Afinal, a Prefeitura de Coroatá vai pagar o 13º salário a seus servidores?

Publicidade

Legalmente não há qualquer problema, já que o município tem até o dia 20 de dezembro para pagar o 13º dos funcionários. Ainda assim, as críticas são direcionadas à quebra de um formato que há tempos vem sendo usado, principalmente na educação. As gestões anteriores sempre pagavam o 13º em duas parcelas, o que mudou com o comando do prefeito Luis da Amovelar Filho.

O município alega pouco recurso para o pagamento, tal argumento contraria a lógica de que, se há pouco recurso o melhor seria dividir o valor, como era realizado anteriormente.

Essa instabilidade, sucedida ao fato já ocorrido em outra gestão, quando a Prefeitura de Coroatá deixou de pagar o mês de dezembro, só aumenta a dúvida na cabeça dos servidores que precisam desse dinheiro, que por lei, deve ser pago até o final do ano.



Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Você acredita que, em 2019 a economia do País vai melhorar?

2016 © Todos os Direitos Reservados