Coroatá

Quadrilha pode ter levado R$ 200 mil do banco Bradesco de Coroatá

Quadrilha pode ter levado R$ 200 mil do banco Bradesco de Coroatá

A polícia conseguiu prender dois suspeitos que seriam integrantes da quadrilha responsável pelo roubo.


06/10/18 00:37 - Atualizado em 08/10/18 14:38

Agência do banco Bradesco de Coroatá

A polícia civil, polícia militar – através do serviço de inteligência do 24º Batalhão – e a SEIC continuam investigando o roubo ocorrido na última quarta-feira (03) na agência do Bradesco de Coroatá. Os criminosos pularam um depósito de arroz e tiveram acesso a um quintal de uma residência que fica ao lado da agência, onde fizeram um buraco em uma dessas paredes e tiveram acesso a um dos cofres do local.

O valor levado não foi informado pelo banco, mas segundo informações obtidas com exclusividade pelo portal Coroatá Online, chegou a quase R$ 200.000,00 (duzentos mil reais).

Ainda na quarta-feira (03), a polícia conseguiu prender Jhon dos Santos Silva, 22 anos, que de acordo com as investigações seria integrante da quadrilha. Com ele foi encontrado as ferramentas usadas no arrombamento, além de armas e drogas.

Material usado pela quadrilha (Imagem: PM)

Nesta sexta-feira (05), um outro homem foi preso, que de acordo com a polícia também é membro da quadrilha. Trata-se de um indivíduo conhecido como "Papa-Léguas", que tem várias passagens pela polícia, inclusive por assalto a banco e envolvimento com o crime organizado.

Jhon dos Santos Silva e "Papa-Léguas"


Comentário

PUBLICIDADE


Mais lidas








PUBLICIDADE

Enquete

Você acredita que, em 2019 a economia do País vai melhorar?

2016 © Todos os Direitos Reservados